Cristiano Ronaldo marca golaço de bicicleta contra Juventus

Em um duelo entre gigantes do futebol mundial, se deu bem quem tem o melhor jogador do mundo. Com Cristiano Ronaldo inspirado e decisivo, marcando até um antológico gol de bicicleta, o Real Madrid bateu a Juventus por 3 a 0 na tarde desta terça-feira, em Turim, praticamente garantindo a classificação para as semifinais da Liga dos Campeões. No jogo de volta, na próxima quarta-feira, o Real pode perder por até dois gols de diferença no Santiago Bernabéu, em Madri.

O show de Cristiano Ronaldo começou cedo. Logo aos três minutos, Marcelo fez boa jogada e acionou Isco, que cruzou rasteiro da esquerda. O craque português se antecipou à zaga e chutou cruzado para vencer Buffon e abrir o placar. O lance adicionou mais um recorde à carreira de Cristiano Ronaldo, que se tornou o primeiro jogador a marcar gol em dez jogos seguidos na Liga dos Campeões.

O que se viu em campo a partir daí foi um jogo muito brigado e equilibrado. O Real tocava mais a bola e tentava controlar o jogo no meio-campo, enquanto a Juventus partia para cima mais na base da vontade, empurrada por sua torcida.

O empate só não saiu aos 22 minutos graças a Keylor Navas. Dybala cobrou falta na área, Higuaín desviou e o goleiro do Real fez uma defesaça à queima-roupa. O time espanhol também esteve perto de ampliar a vantagem. Aos 35, Kroos soltou uma bomba de fora da área que explodiu no travessão. A Juventus voltou do intervalo tentando pressionar o Real. Bem postado atrás, o time espanhol só levou um susto aos 10 minutos, quando Dybala bateu falta, a bola desviou na barreira e saiu raspando a trave, com Navas já fora da jogada.

Se o jogo parecia encardido, Cristiano Ronaldo tratou logo de resolver a questão. Aos 18, em uma jogada que começou com um erro de Chiellini, o português deu belo passe para Lucas Vázquez chutar forte. Buffon salvou. No rebote, Carvajal cruzou e Cristiano Ronaldo acertou uma bicicleta cinematográfica. Golaço e 2 a 0 no placar. O lance foi tão espetacular que até mesmo a torcida da Juventus não resistiu e aplaudiu, de pé, o craque português.

Pouco depois, Dybala foi expulso após entrada forte em Carvajal. O time italiano ficou entregue, e o Real não perdeu a oportunidade para ampliar e praticamente definir a classificação. Aos 25, Marcelo tabelou com Cristiano Ronaldo e tocou por cima de Buffon para fazer 3 a 0. No outro jogo do dia, o Bayern de Munique derrotou o Sevilla por 2 a 1, de virada, fora de casa.

Dois confrontos encerram, nesta quarta-feira, às 15h45m (horário de Brasília), os jogos de ida das quartas de final da Liga. No Camp Nou, o Barcelona de Messi, Suárez, Paulinho e cia recebe a Roma, do goleiro Alisson. Em Anfield Road, Liverpool e Manchester City fazem um duelo inglês.

Você também poderá gostar...